PLANEJAMENTO DE INSTALAÇÕES PARA SEGURANÇA E ADMINISTRAÇÃO DE RISCOS

Instalações de esportes e recreação mal planejadas, projetadas ou construídas freqüentemente aumentam a exposição dos usuários a condições de risco. Não somente tornam a instalação difícil de manter, operar e gerenciar, mas aumentam significativamente a exposição da organização a litígios. Uma instalação inadequada revela falta de empenho ou competência  por parte da equipe de planejamento ou do projeto. Não é raro uma instalação para esportes,  educação física e recreação ser projetada por um arquiteto que tem pouca ou nenhuma experiência neste tipo de construção. Para aqueles sem o apropriado background e entendimento das singularidades das instalações de esportes e recreação, há muitas chances de erro que conduzam a falhas relacionados a segurança, operação e gerenciamento.

Problemas de projeto normalmente observados em instalações incluem áreas de segurança pouco adequadas em torno das quadras e campos, mau planejamento do fluxo de tráfego de pedestres através das áreas de atividades, inadequado controle de acesso e segurança, falta de locais convenientes de armazenagem e até mesmo uso inadequado de materiais de construção. Freqüentemente problemas relacionados a projeto são difíceis de corrigir, caros e impossíveis de reparar após a conclusão da instalação. É essencial que essas instalações sejam planejadas e projetadas por profissionais com conhecimento e experiência relacionados às atividades a serem desenvolvidas.

A fim de se protegerem contra ações legais de negligência, os responsáveis pelos programas de esportes/recreação e os gerentes das instalações têm um certo numero de obrigações que devem ser cumpridas. Neste caso, negligência significa falha em agir com a prudência que agiria um gerente cuidadoso em circunstâncias semelhantes. Em geral, gerentes de instalação são solicitados a implementar seus programas de maneira que não criem  riscos ou danos a usuários, visitantes e funcionários. Um de seus principais deveres legais é o de assegurar aos participantes um ambiente livre de riscos ou danos previsíveis.
 
Instalações inseguras são uma das principais fontes de demandas  legais relacionadas à negligência nas instalações esportivas e de atividades físicas. Espera-se que os gerentes mantenham um ambiente razoavelmente seguro e que observem ao menos os seguintes cinco deveres.

  • Manter as instalações com padrões de segurança definidos,
  • Inspecionar as instalações a fim de detectar riscos óbvios ou ocultos,
  • Remover a fonte de risco ou sinalizar sua presença,
  • Conhecer antecipadamente usos e atividades dos visitantes e tomar razoáveis medidas de  precaução para sua proteção quanto a possíveis situações de risco,
  • Conduzir operações nas instalações com razoável cuidado em relação à segurança dos visitantes.

 

De acordo com Van der Smissen (1990), "o projeto, configuração e construção de áreas e instalações pode criar condições de risco ou de segurança, assim como realçar ou depreciar o nível e a qualidade das atividades". Uma instalação  bem planejada, projetada e construída facilitará ao gerente da instalação condições mais favoráveis de conduzir seus deveres  legais. Os problemas mais comuns de segurança nas instalações esportivas ocorrem por duas razões principais: mau planejamento ou mau gerenciamento.

Ao discutir segurança de instalações, Maloy (2001) afirma, "a maioria dos problemas que lidam com litígio se originam mais na manutenção do que no projeto e na construção”. Mesmo que isto seja verídico, é importante compreender que há inúmeras coisas que se podem fazer no processo de planejamento ,a quais muito contribuirão para que o gerente mantenha e opere as instalações de forma segura. Uma instalação bem planejada torna o processo de gerenciamento mais eficaz. Daí se segue que quanto mais fácil a  manutenção de uma instalação mais provável que ela seja bem feita. De acordo com Jewell (1992) em seu livro Public Assembly Facilities, “Segurança pública começa com um bom projeto de arquitetura...”.  Por essa razão, a maior parte deste capítulo focalizará  o planejamento e projeto de instalações seguras.

Sumário

Este texto focaliza basicamente o planejamento e o projeto de instalações para  segurança e gerenciamento de riscos. É importante compreender que é apenas um primeiro passo em conduzir um programa de segurança. Uma vez que a instalação está aberta, é essencial que um programa completo de gerenciamento de risco  seja estabelecido e praticado em seguida.

Uma das maiores reclamações em litígios relacionadas a esportes e recreação é a de instalações inseguras. Gerentes de esportes, educação física e programas de recreação e têm a obrigação moral e legal de fazer seus programas livres de riscos previsíveis o tanto quanto possível. Como parte disso, os gerentes devem estar cientes de como instalações inseguras podem aumentar o potencial de risco para os participantes, funcionários e espectadores. Na nossa crescente sociedade litigiosa, danos físicos desnecessários  são passíveis de conduzir a litígios com exposição e perdas de recursos financeiros que deveriam estar direcionados aos programas. Instalações bem planejadas são seguras, fáceis de operar, administrar e manter.

Muitos dos fatores que tornam uma instalação segura são fáceis de implementar se planejados desde o início. Depois que se lançou o concreto e a instalação foi inaugurada, torna-se difícil ou mesmo impossível fazer-se modificações. O planejamento e projeto de instalações com preocupação de segurança e gerenciamento de risco podem ajudar a prevenir problemas, dores de cabeça, contusões e litígios no futuro.

 

topo